Linha do Tempo

Ensino de Línguas Estrangeiras de Oficial a Opcional

Com a Proclamação da República, o Marechal Deodoro da Fonseca criou o Ministério da Instrução, Correios e Telégrafos, assumido por Benjamin Constant. As línguas inglesa e alemã passaram a ser opcionais no currículo. Somente no Ministério de Fernando Lobo (1892) e também de Epitácio Pessoa (1900), o ensino dessas línguas voltou a ser obrigatório.